Lenda e celebração de são Martinho

26 11 2011

By Francisco J. Barral

Noutro dia (09/12/2011) celebrou-se em a reunião do clube de leitura em língua portuguesa, na quarta-feira, a celebração da festividade de São Martinho, como manda a tradição com degustação de castanhas e um pouco de vinho novo. Faltou o porco pero não era a ocasião.

Para lembrar nos dos antecedentes de esta antíga tradição, pudemos relatar a lenda:

Segundo reza a lenda, Martinho era um valente soldado romano que depois de uma vida de combates regressava finalmente a casa, algures em França… A certa altura, quando atravessava as regiões frias dos Alpes montando o seu cavalo, sob forte vento e chuva, surgiu-lhe do nada, um homem com aspecto miserável, vestindo roupas gastas e rotas, que tremendo de frio lhe pediu esmola. Martinho vestia a roupa da época para os homens do seu ofício: a grossa capa vermelha com que se cobria  era o seu melhor agasalho. Infelizmente Martinho pouco tinha para lhe dar. Mas sentiu que mesmo assim podia aliviar o sofrimento do pobre homem. Cortou então a sua capa ao meio, oferecendo uma das metades ao mendigo. Diz a lenda que nesse momento, a chuva parou e as nuvens desapareceram para dar lugar a um sol radioso. Num repente o Inverno fez-se Verão…


E é por isso que todos os anos,  por esta altura, mesmo sendo Outono, durante cerca de três dias o tempo fica mais quente e agadável: é o Verão de São Martinho.” (imaxen e texto obtenudo de http://historiarn.blogs.sapo.pt/46289.html)

E por o tanto celebra-se desde face muitíssimo tempo, festas com motivo de São Martinho, feiras em os pueblos e cidades, durante vários dias para comemorar a própria lenda e os aspetos relacionados com o trabalho no campo e a colheita.

 “No calendário litúrgico, o dia de S. Martinho celebra-se a 11 de Novembro, data em que este Santo, falecido dois ou três dias antes em Candes, no ano de 397, foi a enterrar em Tours, França.”

“O facto de o seu dia coincidir com a época do ano em que se celebra o culto dos antepassados e com a altura do calendário rural em que terminam os trabalhos agrícolas e se começa a usufruir das colheitas (do vinho, dos frutos, dos animais) leva a que a festa deste Santo tenha toda uma componente de exuberância que actualmente tende a prevalecer.

Assim, em Portugal, o dia de S. Martinho é invocado nas cerimónias religiosas dos locais de culto, e o seu espírito de solidariedade lembrado, quanto mais não seja, através do relato do episódio em que partilhou a sua capa com um pobre; mas de resto, e por todo o lado, as pessoas andam ocupadas nas actividades mencionadas nos provérbios sobre este dia: assam-se castanhas, prova-se o vinho…” (textos obtenidos de: http://smartinho.blogspot.com/).

Nossa boa amiga Margarita fixo um vídeo com as fotos que tomou, e que agora nos facilita para poder compartir com todos aqueles momentos, tanto para os que estiverem como os que não estivemos.  Bom São Martinho! 🙂

Anuncios

Acciones

Information

One response

27 11 2011
Pedro Tavares

Olá amigos,

Obrigado, Francisco, por ter colocado os textos no blog.

Abraço

Pedro Tavares

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s




A %d blogueros les gusta esto: